O que é cirurgia robótica? Benefícios, procedimentos e candidatos

Por: Funcionários do Women's Care Florida

Os cirurgiões usam cirurgia robótica para auxiliar com precisão durante a cirurgia. Muitos consideram esses tipos de cirurgias menos invasivas com incisões menores. Leia nosso FAQ abaixo para saber tudo o que você precisa saber sobre cirurgias assistidas por robôs.

Quais são as diferenças entre a cirurgia robótica e a cirurgia laparoscópica?

No tradicional cirurgia laparoscópica, o cirurgião faz pequenas incisões na barriga do paciente. Usando uma câmera e pequenos instrumentos, eles entram nessas incisões para realizar o procedimento enquanto o cirurgião manipula os instrumentos à beira do leito. Além disso, esses instrumentos de haste reta se movem apenas nas direções para cima ou para baixo.

A cirurgia robótica começa da mesma maneira. O cirurgião cria pequenas incisões. No entanto, uma plataforma robótica mantém os instrumentos em vez do cirurgião ao lado do leito. Além disso, o cirurgião fica próximo a um console e manipula os instrumentos com controles manuais. Os instrumentos se movem em todas as direções, ao contrário da cirurgia laparoscópica. Isso dá ao cirurgião melhor acesso para operar. Portanto, o cirurgião tem a vantagem de realizar procedimentos mais complexos com melhor precisão. Por último, a câmera possui uma visualização tridimensional. Em outras palavras, isso permite ao cirurgião ver mais claramente.

O robô ou o cirurgião realizam a cirurgia?

Os pacientes costumam imaginar que o robô age independentemente da IA ​​ou inteligência artificial. Isto não podia estar mais longe da verdade. O cirurgião controla cada movimento do console. Pense na plataforma robótica como um assistente estacionário. Ele segura os instrumentos e comunica diretamente os movimentos das mãos do cirurgião.

Que tipos de procedimentos você pode executar roboticamente?

Existem muitos tipos diferentes de cirurgias robóticas. Eles variam de histerectomias simples a cirurgias pélvicas mais complexas com endometriose grave. Além disso, as cirurgias robóticas podem realizar procedimentos para câncer endometrial, cervical e ovariano. A cirurgia robótica pode ajudar em operações muito complexas de câncer de ovário ou endométrio que envolvem a remoção de tumores metastáticos. No passado, essas cirurgias eram comumente realizadas por meio de uma “abordagem aberta” ou uma incisão muito grande na barriga.

Quais são os benefícios de ter um procedimento robótico em comparação com um procedimento aberto tradicional?

Muitos benefícios comprovados existem com a cirurgia robótica em oposição à cirurgia aberta. Os pacientes submetidos à cirurgia minimamente invasiva sentirão muito menos dor, menos perda de sangue, menos tempo de hospitalização e menores taxas de infecção. Cerca de 90% dos pacientes vão para casa no mesmo dia em que realizam os procedimentos, incluindo procedimentos complexos de câncer. O movimento em direção à alta no mesmo dia tem aumentado constantemente e tem sido estudado extensivamente nos principais centros cirúrgicos e de câncer. Foi considerado seguro e muito satisfatório para os pacientes que podem passar mais tempo de recuperação com suas famílias no conforto de suas casas do que no hospital.

O tempo de recuperação dos procedimentos robóticos costuma ser reduzido pela metade em comparação com as abordagens abertas, o que permite que os pacientes voltem às suas rotinas normais muito mais cedo e alivia a carga financeira dos pacientes que precisam voltar ao trabalho. Em longo prazo, observamos muito menos formação de aderências e tecido cicatricial após cirurgias minimamente invasivas em comparação com procedimentos abertos.

Quem são os candidatos à cirurgia robótica e quais são algumas perguntas importantes a fazer ao seu médico?

Qualquer paciente que está considerando uma cirurgia ginecológica deve ter uma consulta com seu cirurgião de confiança para discutir as opções possíveis para a realização da cirurgia. É importante que os pacientes tenham uma conversa detalhada com seu provedor sobre a adequação de um procedimento robótico em sua condição. Por exemplo, há muitas mulheres que podem ser informadas de que não são candidatas à cirurgia robótica devido ao histórico de múltiplas cirurgias anteriores, quando na verdade podem ser capazes de realizar com segurança uma cirurgia minimamente invasiva. É importante perguntar sobre a experiência do seu médico com abordagens minimamente invasivas e perguntar o que esperar após a cirurgia, especificamente em relação às restrições e tempo de retorno ao trabalho. Essas perguntas ajudarão a preparar os pacientes para o período de recuperação.

Deixe um comentário